Beatles mostram que ainda sabem fazer sucesso!

Uma noticia pegou as pessoas que apreciam a música como eu, desprevenidas. O tão aguardado relançamento da discografia oficial dos Beatles no dia 9 de setembro deste ano (já se passou) em edições totalmente remasterizadas.

Desde o aparecimento dos primeiros CDs com as gravações dos vinis, que os fãs mais ardorosos dos Quatro rapazes de Liverpool não aceitaram a forma e o tratamento que deram as canções do grupo. Sendo estas, meramente copias dos discos originais sem nenhum apuro técnico e nenhum trabalho dos engenheiros de som, os tais discos tinham qualidade bastante inferior aos vinis.

Foram necessários quatro anos, até que a equipe de engenheiros da Abbey Road Studio conseguisse dar a sonoridade tão desejada por George Martin nos discos quando os mesmos ainda eram em Mono. Na verdade uma sonoridade tão boa em Stereo. Tudo isso feito nos mínimos detalhes e com o máximo de apuro técnico possível.

Em todo o mundo foram lançados os 13 álbuns, que foram estabelecidos como discografia oficial e mais o álbum Past Masters Vol. 1 e Vol. 2, e para colecionadores mais xiitas, ainda dois Boxes um contendo os discos nas versões em Mono e um na versão em Stereo.

Mas depois de pouca explicação, algumas perguntas podem vir a ser feitas: a qualidade dos discos realmente impressiona, este lançamento seria realmente necessário? A resposta pra essas e outras perguntas é simples: SIM.

Ainda não tive a oportunidade de escutar todos os discos, mas pelo que pude conferir de alguns discos, posso ter certeza que as bolachinhas prateadas estão realmente perfeitas, a qualidade apresentada nas canções é incrível. O som dos Beatles nunca soou tão pesado e tão jovial, e olha que escutei apenas A Hard Day’s Night, Meet the Beatles e Help!; os instrumentos que mal eram ouvidos a exemplo o baixo parece mais encorpado e com mais vigor, a bateria é altamente destruída e me parece muito mais pesada e as guitarras parecem que são até mais bem tocadas, no fim das contas os instrumentos soam bem melhores e mais limpos, as vozes estão conseguem atingir um alcance até então nunca escutado nos CDs. Deve-se salientar também que todos os outros instrumentos que aparecem no decorrer dos discos, parecem muito mais sonoros; no conjunto total a obra deixa de ter aquele aspecto de som abafado e ganha muito em qualidade. Um trabalho de mestre, a altura dos músicos que foram Lennon e Harrison e que ainda são McCartney e Star.

Mas como todo lançamento na indústria fonográfica, eles vão deixar os interessados em adquirí-los alguns trocados mais pobres. As bolachinhas vão chegar com os valores entre 35,00 (discos simples) e 50,00 (discos duplos) reais enquanto os Boxes especiais vão custar em torno de 900,00 (caixa stereo) e 1200,00 (caixa mono) reais, valores bem salgados se considerarmos a atual situação que a indústria da música se encontra.

Todo esse alvoroço se deve principalmente pelos 40 anos de vida do álbum Let it Be, álbum que saiu depois do término da banda que também contou com um jogo de videogame para tais comemorações e os relançamentos.

Depois de tudo que já foi falado e escutado sobre os Beatles fica a tão incensada pergunta, será que as gerações posteriores (assim como eu) aos quatro rapazes de Liverpool, estão preparados para eles ou o som que eles produziam pode soar datado, poderá este ser o ultimo súspiro da indústria fonográfica, ou será uma nova retomada? Fica a pergunta. Comentem.

Anúncios

~ por Zach em outubro 15, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: